JULIÁN VENTURA- Embaixador do México

miktaMIKTA: Cooperação e Desenvolvimento em 2019 Corresponde ao México Ocupar a Presidência do grupo MIKTA. (México, Indonésia, República da Coreia, Turquia e Austrália)

O México é um país convicto do valor insubstituível da diplomacia, com uma destacada tradição multilateral e uma capacidade já demonstrada para o diálogo e para a construção de consensos. Com este espírito participamos no MIKTA, um espaço informal de concertação com a Austrália, a Indonésia, a República da Coreia e a Turquia.

“MÉXICO É UM PAÍS CONVICTO DO VALOR
INSUBSTITUÍVEL DA DIPLOMACIA COM (…)
TRADIÇÃO MULTILATERAL E CAPACIDADE (…) PARA
O DIÁLOGO E CONSTRUÇÃO DE CONSENSOS”

Estes cincos países têm uma presença própria e significativa no cenário internacional. Decidimos unir-nos, como amigos e parceiros, para promover prioridades comuns e explorar estratégias inovadoras para enfrentar desafios globais.
Estamos localizados em regiões distintas e possuímos identidades históricas e riquezas culturais diversas. Unem-nos múltiplas convergências. Istomotiva-nos a aproximarmo-nos, a conhecermo-nos mutuamente, e a ampliar os nossos vínculos económicos e sociais.
Na reunião de vice-ministros celebrada esta semana em Yogyakarta, Indonésia, assumimos a coordenação do MIKTA. Aprovou-se a agenda proposta pelo México que procura ter em conta, de forma concreta, as necessidades e as ambições das pessoas.

Sob o tema “Desenvolvimento social, governação global e um futuro sustentável”, procuraremos aumentar a nossa colaboração em três vertentes. A primeira é a da cooperação económica para o desenvolvimento social. Promoveremos o comércio e o investimento, tanto entre nós como em conjunto, noutros mercados estratégicos. Neste esforço iremos promover uma maior integração das micro, pequenas e médias empresas nas cadeias globais de abastecimento. Procuraremos também incentivar a cooperação no turismo, partilhando as melhores práticas e a nossa experiência técnica, para gerar maiores benefícios para as comunidades.

A segunda vertente é a do fortalecimento do multilateralismo e a colaboração em organismos internacionais. O grupo MIKTA somará esforços para que aqueles sejam mais eficientes, transparentes e igualitários, e atuem com enfoque de género. Lutaremos por um sistema internacional forte, aberto e baseado em regras que contribua para o desenvolvimento económico e social, para a proteção dos direitos humanos, para a paz e segurança e para a cooperação solidária.

Finalmente, iremos concentrar-nos em promover o desenvolvimento sustentável, com enfase no cumprimento da Agenda 2030. As nossas sociedades exigem maior ação face às alterações climáticas e outros grandes desafios globais, assim como uma maior cooperação para a redução do risco de desastres naturais, aos quais todos estamos expostos. Igualmente, como países marítimos, partilhamos o interesse em conservar os oceanos e a sua biodiversidade. A inclusão social é também uma meta comum, para a qual continuaremos a trabalhar em áreas como a educação e o acesso à internet.
Outra inovação da coordenação sob a Presidência mexicana será a convocatória da primeira reunião das nossas respetivas agências nacionais de cooperação para o desenvolvimento. Neste contexto, na reunião de Yogyakarta partilhámos as ações em curso para organizar o Plano de Desenvolvimento Integral promovido por El Salvador, Guatemala, Honduras e México, como exemplo de cooperação centrada no desenvolvimento humano.

O trabalho do MIKTA projeta-se em todo o mundo. As nossas embaixadas e consulados estão em coordenação permanente. Este ano realizarão atividades de diplomacia pública e cultural para difundir a nossa riqueza histórica e os nossos costumes e tradições. Temos uma rede de académicos MIKTA que tem organizado seminários e publicações, e procuramos incluir nos nossos esforços outros sectores da sociedade civil. Onde seja pertinente, também somaremos esforços em matéria de promoção económica e turística.

“PARTILHAMOS O INTERESSE EM
CONSERVAR OS OCEANOS E
A SUA BIODIVERSIDADE”

Nenhum país pode enfrentar eficazmente os desafios internacionais de maneira isolada. O MIKTA continua a evoluir como um espaço que procura desempenhar um papel construtivo num cenário internacional complexo. Durante 2019, o México fortalecerá a colaboração no interior deste mecanismo, com o grande objetivo de que as nossas sociedades sejam mais inclusivas e prósperas.
O autor é o Subsecretario
de Relações Exteriores,
Julián Ventura.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *